Arquivos mensais

abril 2019

Entendendo a CNH especial: o que é, quem tem direito e como tirar

Por | Novidades | Nenhum Comentário
CNH especial

Foto: reprodução

A CNH especial é a Carteira Nacional de Habilitação, ou carteira de motorista como é popularmente conhecida, para portadores de deficiência e pessoas com mobilidade reduzida. Ou seja, doenças que afetam a capacidade de dirigir dos condutores.

É importante que as pessoas estejam atentas a quais doenças são essas. Afinal, sem a CNH especial, mesmo os portadores dessas patologias (físicas, sensoriais e intelectuais) podem ser multados e até mesmo ter o direito de dirigir suspenso.

Com o porte desse documento, as adaptações e necessidades do condutor são descritas. Assim você recebe o direito a alguns benefícios como descontos na hora de comprar um veículo por exemplo. Deficiência física, deficiência visual, deficiência intelectual e autismo são exemplos das doenças que garantem a isenção de PCD (Pessoas Com Deficiência).

Quais são os critérios para conseguir os benefícios?

  • Tirar ou fazer a alteração da carteira de habilitação;

  • Requisitar a isenção de IPI;

  • Escolher o carro;

  • Requerer a isenção do ICMS por meio de carta;

  • Isenções de IPVA e rodízio e cartão para estacionar em vagas para deficiente.

Como tirar a CNH especial

Seguindo o mesmo processo de retirada de qualquer tipo de documento. No entanto, a diferença é que o condutor deve passar por um exame físico e psicotécnico minucioso realizados pelo Detran do estado. Inclusive, no site do Detran é disponibilizada uma lista de clínicas autorizadas pelo órgão para esses procedimentos.

Ademais, logo depois de passar pela aprovação dos médicos, ele precisará passar pelas aulas da autoescola também da mesma forma do processo tradicional. Porém, deverá ser acompanhado por um médico durante todo percurso para que seja avaliado se o veículo atende às necessidades do condutor.

Documentos necessários

  • Carteira de identidade (RG);

  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);

  • Comprovante original de endereço (Conta de luz, água, telefone, celular e banco);

  • Duas fotos 3×4 coloridas com fundo branco.

Restrições

No campo de observações da carteira, todas as restrições são identificadas por letras que vão de A a Z. Cada uma tem um significado específico. Além disso, elas indicam o que é necessário para que que o condutor possa dirigir com segurança nas condições da deficiência apresentada.

Entretanto, as letras A, B e X por exemplo, não dão direito a isenção para a compra de um carro, então é importante estar por dentro do que cada letra representa. Antes a restrição era descrita por extenso, o que facilitava o entendimento para qualquer pessoa. No entanto, a indicação passou a vir em forma de código devido a uma alteração na lei.

Vale lembrar que não só o condutor que possui deficiência tem direito a esses benefícios, como também quem possui um representante legal que possa conduzir o veículo em seu lugar pode usufruir do direito.

Apenas no caso da total incapacidade de mobilidade, a retirada da CNH especial é impedida. Em casos que possam comprometer a própria segurança como também a segurança dos outros condutores e dos pedestres.


Então, passou a entender melhor os detalhes da CNH especial? Você também pode conferir as ofertas exclusivas para portadores de deficiência que a Peugeot oferece.

Segurança no trânsito: 8 dicas de como evitar assaltos e sequestros

Por | Novidades | Nenhum Comentário

A segurança em qualquer lugar é um assunto pertinente, e a pauta da vez é a segurança no trânsito! Acidentes e assaltos estão entre os maiores receios dos motoristas atualmente. Isso é resultado do constante crescimento da violência e dos descuidos no trânsito.

Embora esses problemas estejam além do nosso alcance e prevenção, não custa nada tomar cuidado. Por isso, listamos a seguir dicas simples, mas importantes, que podem te ajudar a se precaver e evitar situações como essas. Portanto fique atento!

 

Previna acidentes

  • Use o cinto de segurança: O cinto deve ser sua prioridade quando se pensa em segurança no trânsito, antes mesmo de ligar o carro. Dessa forma você evita esquecer e por consequência não utilizar o cinto. Ele pode prevenir danos sérios em acidentes e ainda te salva de uma multa!
  • Manutenção em dia: Se certifique de que o seu veículo está em bom estado, calibre os pneus de forma correta e fique atento ao período da sua troca de óleo. Esses são cuidados básicos que você deve se acostumar a ter. Além disso, conheça o seu carro e evite surpresas indesejáveis!
  • Esteja vigilante com os outros. Afinal, a sua segurança no trânsito também depende dele! Isso pode te ajudar a escapar de acidentes mesmo quando você não é responsável pelo erro. Além disso, a regra geral é que os veículos maiores cuidem dos menores e que todos cuidem dos pedestres, então atenção redobrada!
  • Respeite as regras básicas: sinalização, velocidade, cuidado com os cruzamentos, celular no trânsito, você já pode até estar cansado de ouvir mas isso não para de acontecer! Mesmo o mais cuidadoso dos condutores hora ou outra acaba deslizando nessas regras, então não se distraia!

 

Cuidado com os assaltos

  • Atenção: Esteja sempre observando o movimento ao seu redor (sem pânico!), apenas esteja atento a possíveis movimentações estranhas. Afinal, muitos motoristas acabam se distraindo no trânsito, e isso pode fazer de você um alvo fácil, tome cuidado!
  • Guarde seus bens: relógios, jóias e até mesmo o celular ficam expostos no trânsito e chamam atenção! Novamente, não há motivo para pânico. Basta deixar seus itens guardados e colocá-los em um local seguro ao chegar no seu destino.
  • Conheça seu trajeto: evite lugares desconhecidos que atrapalhem seu deslocamento preciso em situações perigosas. Conhecer o caminho a percorrer não diz respeito apenas a localização, mas também notícias do lugar e saber quais são as áreas vulneráveis. Lembre-se, sua segurança é mais importante!
  • Não se exponha: informações sobre a sua casa, trabalho ou família, vidros abertos e distrações na garagem também servem como iscas e podem causar um problema muito maior, portanto se preserve!
Segurança no trânsito: Cuidados no volante

Foto: Reprodução

Seguindo essas orientações você reduz riscos, tanto para seu carro quanto para os outros passageiros. Além disso, você pode ficar atento a muitas outras dicas, lembre-se sempre: prevenir é sempre a melhor solução para situações que não estão ao nosso alcance. Afinal, cuidado nunca é demais!

Caso essas informações tenham sido úteis, continue acompanhado nosso blog para receber mais orientações com essas. Para isso, basta preencher o formulário acima e se cadastrar em nossa newsletter!