Arquivos mensais

setembro 2019

câmbio automático - painel de carro peugeot

Câmbio automático: 3 dicas para consumir menos combustível

Por | Novidades | Nenhum Comentário

Com um sistema de transmissão que possibilita a seleção e troca de marchas sem ser necessária a atuação de um condutor, os veículos com câmbio automático oferecem conforto e praticidade. 

Os desejados carros com câmbio automático fazem sucesso e muitos brasileiros já optaram por essa alternativa. Ainda assim, algumas dúvidas costumam surgir quando se fala sobre esse tipo de transmissão, sendo uma delas o consumo de combustível. 

Então, selecionamos abaixo três dicas sobre medidas que podem ser tomadas para que menos combustível seja gasto. 

 

Carros com câmbio automático consomem mais combustível?

Entre mitos e verdades sobre o assunto, pode-se dizer que, em geral, carros com câmbio automático consomem mais combustível. Entretanto, os modelos mais recentes melhoraram essa desvantagem. 

Os veículos antigos, com transmissões de três marchas, consomem mais combustível que suas versões manuais. Porém, nos veículos mais modernos essa troca é feita em frações de segundos. Isso faz com que a força do motor seja melhor aproveitada e haja mais economia. 

O resultado é que alguns veículos com câmbio automático se tornaram mais econômicos que suas versões manuais. 

 

1. Evite dirigir em alta velocidade

Fazer ultrapassagens ou acelerar o carro rapidamente exige mais do motor, o que pode aumentar o gasto de combustível. Portanto, mantenha velocidade constante e evite mudanças bruscas com frequência.

 

2. Deixe a marcha do carro na posição correta

Ao contrário do que muitos pensam, colocar o carro na alavanca N (neutro), em paradas, não faz com que ele gaste menos combustível. E ainda pode gerar um desgaste no câmbio. 

Fora isso, os veículos mais modernos já possuem a opção do “start-stop”. Ela serve para desligar o motor em paradas demoradas, poupando combustível sem precisar mudar a marcha. 

Essa, portanto, é a melhor opção para quem quer economizar. No caso das paradas longas, o melhor a fazer é colocar o carro em P (parking); esse modo ativa uma trava mecânica que impede a movimentação do carro.

 

3. Fique atento ao óleo da caixa automática

O chamado ATF, ou fluido de transmissão automática, é específico para esse tipo de câmbio. Ele serve para evitar o desgaste das engrenagens, além de possuir outras funcionalidades. Se usados corretamente, os ATFs ajudam os carros com câmbio automático a consumirem menos combustível. 

Tomando esses e outros cuidados, você ajuda a prolongar a vida útil do seu veículo. Além disso, essas atitudes certamente trarão mais economia para o seu bolso.

 

Caso você tenha curtido esse artigo, consulte os outros que estão disponíveis em nosso blog e assine a newsletter para conferir mais novidades!

Dicas de direção defensiva - homem ao volante em estrada

5 dicas valiosas de direção defensiva para evitar acidentes graves

Por | Novidades | Nenhum Comentário

Andar prevenido é sempre bom não é mesmo? Por isso, saber como praticar a direção defensiva é fundamental Isso é preciso principalmente no trânsito, onde as surpresas podem vir quando você menos espera. Para se ter uma ideia, segundo o Ministério da Saúde, numa pesquisa realizada entre 2010 e 2018, foi constatado que 31% dos óbitos por acidentes acontecem com ocupantes de automóveis

Sendo assim, alguns cuidados devem ser essenciais na hora de pegar a estrada, seja para viagens ou programas pessoais. Pensando nisso, resolvemos escrever esse post listando 5 dicas valiosas de direção defensiva. Nesse tipo de direção, o motorista deve visar a segurança em primeiro lugar. Dessa forma, é possível evitar acidentes e outros tipos de problema. 

 

Mantenha a calma

Para dirigir com segurança, além da atenção que é extremamente importante, também é necessário manter a calma. Afinal, o nervosismo diante de algumas situações poderá tirar seu foco no trânsito. Isso pode acontecer tanto com motoristas novatos quanto com os mais experientes. 

Para os novatos, a insegurança das primeiras vezes pode ser um grande inimigo em relação a manter a calma. Já para os mais experientes, o trânsito pode ser uma situação totalmente estressante. Afinal, os engarrafamentos e longas distâncias até o destino final estressa qualquer um. 

Ainda assim, procure maneiras de relaxar em meio a essas situações, pois perder a calma em algumas delas pode ser muito perigoso. 

 

Busque conhecimento

Assim como o nosso cotidiano, as regras também mudam, afinal, elas devem acompanhar o ritmo em que a sociedade avança. Dessa forma, é recomendado estar atualizado sobre as atualizações das normas preventivas. Elas não só podem te ajudar a não cometer infrações, como também podem ser um guia para andar sem infringir a legislação. 

 

Respeite as placas 

No começo da trajetória do condutor, ele aprende a entender e respeitar todas as sinalizações e leis de trânsito. No entanto, com o passar do tempo, acaba adquirindo alguns vícios que não seguem as normas de trânsito. São os chamados vícios de direção, que podem oferecer riscos não só para o seu carro, como também para você.

 

Cheque os freios 

Todos sabem que manter os freios em boas condições é essencial para que se possa dirigir em segurança. Sendo assim, não brinque com a sorte! Não só os freios mas todo o veículo precisa de manutenções periódicas, e no caso dos freios, é sempre bom estar atento. Afinal, eles acabam tendo um grande desgaste com o tempo, e dependendo da sua utilização, podem ter vida útil menor que a esperada. 

Para evitar que isso aconteça, o ideal é não fazer freadas bruscas. Não só em dias ensolarados, mas principalmente em épocas chuvosas e pistas molhadas. Afinal, o risco de andar com os freios comprometidos e acabar resultando em acidentes é alto. 

 

Saiba a hora de agir!

Os cinco elementos da direção defensiva são: o conhecimento, a atenção, previsão, decisão e habilidade. Como já citamos os dois primeiros acima, vamos explanar os últimos três elementos. A previsão, assim como no caso de revisar os freios e estar atento às manutenções, procura prever imprevistos no trânsito a fim de evitá-los. 

Quanto a decisão e habilidade, assim como o critério da calma, estão relacionados a reação do motoristas diante de situações de risco. Com a decisão, você saberá lidar com imprevistos, buscando resolver sempre da melhor maneira e do modo mais prático. Já com a habilidade, o motorista se sentirá seguro em suas ações devido a prática. 


Viu só? Agora você já sabe quais medidas deve tomar para colocar em prática a direção defensiva. Caso queira conferir outras dicas, assuntos do universo automobilístico, além de novidades da Peugeot, confira nosso blog!