Com o seu plano de reestruturação, a Nova Peugeot quer se tornar referência em qualidade

Desde que começou suas atividades no Brasil, em 1992 – inicialmente como importadora, a Peugeot vem se notabilizando pelas inovações. Em 1999, por exemplo, revolucionou o mercado com o modelo Peugeot 206, que se tornou um dos mais populares e desejados automóveis compactos do País. Tanto que, em 2001, o hatch de linhas atraentes e ótimo nível de equipamentos foi o primeiro carro da marca a ser produzido na fábrica do Grupo PSA Peugeot Citroën em Porto Real (RJ).

Agora, quando comemora 25 anos de presença no mercado nacional, a Peugeot tem outro motivo para celebrar: após um processo que começou pouco antes do lançamento do SUV Peugeot 2008, a montadora decidiu reposicionar-se no mercado. O objetivo: passar a oferecer automóveis cada vez mais equipados para um cliente mais exigente, que deseja produtos de qualidade e com tecnologia embarcada.

Essa mudança não se restringiu aos produtos. A rede de concessionárias também teve de se adequar à estratégia e, assim, algumas lojas foram descadastradas e outras, inauguradas. O motivo principal foi a necessidade de os revendedores se adaptarem não só ao novo posicionamento da marca, mas também ao plano de atendimento de vendas e pós-vendas (um dos aspectos mais importantes no processo de reestruturação), com destaque para o programa Peugeot Total Care.

O plano foi ousado, mas o resultado não demorou a aparecer. Com o catálogo de produtos renovado – com a gama mais moderna e completa de sua história no Brasil – e a rede de concessionárias comprometida com a qualidade na prestação de serviços, a Peugeot conseguiu ser uma das poucas montadoras a registrar crescimento na participação do mercado em 2016. Detalhe importante: esse resultado foi conseguido antes mesmo da consolidação do plano.

Não é à toa que Ana Theresa Borsari, vice-presidente do Groupe PSA para a América Latina e diretora-geral da Peugeot do Brasil, se mostra tão confiante no futuro da marca no País, ainda mais depois do grande sucesso do recém-lançado SUV Peugeot 3008. As primeiras 50 unidades disponibilizadas na pré-venda foram reservadas em apenas duas horas. “Este é somente o primeiro passo de um potencial gigantesco que enxergamos para o modelo no Brasil. Temos tudo para alcançar o mesmo sucesso que o novo SUV Peugeot 3008 conseguiu em outros países”, afirma.