3 cuidados para evitar o superaquecimento do motor do seu carro

Por 10 de outubro de 2019Novidades
Superaquecimento do motor - motor liberando vapor

Que o motor é uma peça de extrema importância para o funcionamento de um veículo todos sabem. Mas, infelizmente, nem sempre os cuidados necessários para seu bom funcionamento são observados pelos motoristas.

Só para exemplificar, o superaquecimento do motor pode danificar o veículo permanentemente. Então, é imprescindível evitar que algo assim aconteça.

Por isso, falaremos aqui sobre alguns cuidados que você pode tomar para evitar o superaquecimento do motor do seu carro. Confira quais são:

Como saber se o motor do carro está superaquecido?

Se o seu carro tiver mostrador de temperatura no painel, basta verificar se o ponteiro saiu da faixa de normalidade (90º a 100º). Outra forma de checar, caso o seu carro ofereça essa opção, é olhando o relógio de temperatura, ou vendo um símbolo indicador acendendo no painel.

Ao ficar atento a esses indícios, o motorista evita que o veículo chegue ao ponto de liberar vapor pelo capô; indicação extrema do superaquecimento do motor do carro.

O que fazer ao descobrir que o motor do carro está superaquecido?

A primeira coisa a se fazer é parar o carro e desligá-lo, para evitar danos ainda maiores. Após parar o carro, cuidado! Não vá verificar o motor logo em seguida. Espere ele esfriar para checar o nível de água no radiador e constatar se houve vazamento. O indicado são pelo menos 40 minutos de espera, assim evita-se o risco de queimaduras.

Mesmo se for verificado que o nível de água está baixo, o recomendado é solicitar a ajuda de alguém especializado. O motorista tem a possibilidade de completar o nível de água com o motor ligado, em marcha lenta (para que não haja choque térmico). Mas ainda assim será necessário investigar o motivo do superaquecimento, além de substituir a água pelo líquido adequado.

 

Cuidados para evitar o superaquecimento do motor do seu carro:

Cheque a tampa do radiador

A tampa do radiador de um veículo pode parecer um acessório sem tanta importância, mas se ela não estiver em ótimas condições acaba interferindo diretamente no bom estado do motor. Fabricada para conseguir suportar a pressão da água quente, é ela que mantém o líquido refrigerante no interior do radiador e alivia a pressão interna.

Por isso, a tampa do radiador deve estar sempre intacta. Ou, caso contrário, os riscos de parte do líquido presente no radiador evaporar são grandes. Se esse líquido evapora, o resfriamento adequado do motor é prejudicado e o superaquecimento acontece.

Verifique se a mangueira do radiador está com vazamento

Você já deve estar cansado de saber sobre a necessidade de fazer avaliações periódicas no veículo. Essa recomendação é de fato muito importante. Mas, da mesma maneira, é importante lembrar que a mangueira do radiador não deve ficar de fora dessas avaliações.

Às vezes ela apresenta furos quase imperceptíveis, além de outros tipos de desgaste, como ressecamento. Não estando em perfeitas condições, sua função de levar água ao motor é prejudicada. Logo, é necessário que a troca seja feita em pouco tempo.

Observe o desempenho da bomba d’água

A bomba d’água é uma peça fundamental na prevenção do superaquecimento do motor. Responsável por fazer circular o líquido de arrefecimento para o radiador, ela ajuda a controlar a temperatura. Sem dúvida, garantir o bom funcionamento da bomba d’água é essencial para que o motor trabalhe corretamente.

Então, fique atento a qualquer sinal de vazamento de água por baixo do carro ou barulhos estranhos. Se perceber que algo pode estar errado, investigue.

Caso você tenha curtido esse artigo, consulte os outros que estão disponíveis em nosso blog e assine a newsletter para conferir mais novidades!


Deixe uma resposta